Informativo

Cadastre-se e receba novidades

Nome
E-mail
Reiki Usui/Tibetano
Reiki é uma palavra japonesa que significa “Energia Vital Universal”. O Reiki não é uma religião e nem uma crença. Ele abre novos caminhos para experiência espiritual e o aprendizado. Para receber a técnica do Reiki, a pessoa precisa passar por uma iniciação feita por um Mestre de Reiki.

Uma vez que você foi iniciado, a energia do Reiki é então, encaminhada através do corpo num passo
reiki
correspondente aquele que é necessário para a cura.

Reiki é AMOR.



Reiki I

No Reiki I, a pessoa passa por um processo de limpeza que pode durar 21 dias. A pessoa pode sentir dores inexistentes, sentimentos como: ansiedade, angústia, etc. Este processo é temporário e varia de pessoa para pessoa. Outros passam 21 dias de limpeza sem dores ou qualquer sentimento estranho. É aconselhável que, ao se formar no Reiki I, as primeiras aplicações sejam feitas em si mesmo para poder sentir e vivenciar o reiki.

Com o reiki I, você pode energizar plantas, animais, remédios, cristais e objetos em geral.
reiki


Reiki II

Para a pessoa passar para o nível 2, é preciso ter experiência na prática do reiki. O nível 2 trabalha os aspectos emocionais da pessoa, permitindo uma ligação profunda com a energia cósmica.

Novamente a pessoa passa por 21 dias de limpeza, para que o karma da pessoa seja liberto e purificado de energias bloqueadas e negativas. São entregues 3 símbolos (mantras e yantras) de muito poder. Esses símbolos são secretos e só podem ser conhecidos pelos praticantes do reiki. Cada um deles tem uma função especial.
reiki



Reiki III


É necessário que a pessoa tenha um conhecimento profundo do reiki. Nesta etapa a pessoa passa por um processo de grande transformação mental. Neste nível é entregue mais um símbolo, que permite o praticante a curar em massa. Ele aumenta 100 vezes o poder de cura, diminuindo a duração de aplicação do reiki II pela metade. A pessoa passa novamente pelo processo de 21 dias de limpeza.
reiki



Mestrado


No mestrado é atingido a realização plena do ser, permitindo o praticante a iniciar outras pessoas na prática do reiki.

 

Existe uma grande diferença entre Ter um Mestrado de Reiki e Ser Mestre de Reiki. Um Mestre de Reiki faz do Reiki uma prática diária, tenta seguir a cada momento os Princípios do Reiki, ou seja, tenta Ser Reiki. Um Mestre de Reiki não se sente mais elevado ou superior perante os seus alunos ou outras pessoas, mas imensamente grato por poder partilhar o Amor do Reiki na Terra e poder contribuir para que mais pessoas descubram o seu caminho através do Reiki tal como ele o tenta fazer.

Consideramos que é importante existirem mais e mais pessoas com os conhecimentos do Mestrado/Shinpiden, Mestres ou não, professores ou não, tendo ou sendo, é importante que a chama do Reiki continue acesa e vá queimando toda a separação, toda a ilusão, todos os fatores que impedem o ser humano de ser feliz.

Acreditamos que cada vez que é feito um seminário de mestrado de Reiki, seja em qualquer local do mundo, há um grupo de pessoas, na família, amigos, vizinhos, colegas de trabalho, que começa a despertar para a realidade Reiki, que sentem o professor (ou o mestre, como preferir) preparado e que aparecem como alunos, e, como os alunos também estão preparados, o professor também surge, no momento exato.